SNN – Serviço de Neurologia e Neurocirurgia

São técnicas de estimulação não invasivas periféricas ou centrais, capazes de promover a neuroplasticidade. São utilizadas para aumentar ou diminuir a excitabilidade cortical em áreas cerebrais específicas, antes ou durante a terapia, aumentando potencialmente o efeito do tratamento fisioterapêutico e ou fonoaudiológico.

Estimulação transcraniana por corrente contínua – tDCS

A tDCS é uma técnica de estimulação cerebral não invasiva que, por meio de uma corrente contínua de baixa intensidade, aplicada sobre o escalpo é capaz de modular a excitabilidade cortical e influenciar nas funções cerebrais, incluindo as cognitivas.

Indicações do tDCS:

  • AVC (área motora/fala)
  • Doença de Parkinson
  • Doença de Alzheimer
  • Esclerose múltipla
  • Dor crônica
  • Paralisia cerebral
  • Autismo